Infraestrutura de Pagamentos


A mo­dernização das Tecnologias de Informação através da chegada do cabo submarino e da introdução de novos instrumentos de pagamentos, alteraram profundamente a actividade do sector bancário, que tem contribuído para a reestruturação organizacional desse sector de actividade.

 

A conjugação des­sas potencialidades tecnológicas tem sido o impulsionador do desenvolvimento e modernização dos sistemas de pagamentos, sobretudo na criação e consolidação de infraestruturas de pagamentos, seguras e eficientes, que garantam uma transferên­cia rápida de fundos entre os participantes do sistema, na linha das grandes tendên­cias internacionais nesta matéria.

Actualmente, as infraestruturas de pagamentos apoiam os seguintes sistemas de liquidação:

 

À retalho:

  • SICOI - Sistema de Compensação interbancária.

A recolha e tratamento de informações sobre sistemas e instrumentos de pagamentos de retalho – SICOI apresentam os seguintes procedimentos:

A compensação de transacções é processada de forma automática na plataforma electrónica do SICOI - Cheques. No entanto, o processo de liquidação contabilístico do SICOI é efectuado de forma manual, porque a referida plataforma ainda não está integrada no sistema contabilístico do BCSTP. De salientar que no SICOI só se processa a compensação de cheques.

  • SWIFT - Operado pelo BCSTP, ao qual estão ligados ao BCSTP e os bancos comerciais;
  • Rede Dobra24 - (rede doméstica partilhada de ATM, POS e cartões de banda magnética);

Liquidação de grandes montantes entendidos para valores superiores a um mil e quinhentos milhões de Dobras.

  • Para grandes montantes a liquidação é feita directamente no SIBANC, plataforma informática utilizada pelo BCSTP.

Alguns bancos comercias começam a desenvolver as soluções de banca online (internet banking) e mobile banking para os seus clientes, baseando-se em soluções já desenvolvidas pela sua sede para outros mercados, e esperamos que esta área continue a ser explorada, dada a melhoria das infra-estruturas de telecomunicações, com a introdução do cabo submarino em 2012. Actualmente, em termos de comunicação 3G, a cobertura no território é superior a 90%.

As soluções existentes são essencialmente desenvolvidas e geridas pelo BCSTP para o caso do SICOI, SWIFT e transferências, e pela SPAUT, para o caso da rede Dobra24.

Globalmente as infraestruturas existentes estão numa fase incipiente, apresentando problemas de funcionamento operacional e diversas necessidades de melhoria.


Câmbio

Data: 20/11/2017
MOEDA COMPRA VENDA
BRL6337,636432,69
CAD16275,8316519,96
CHF20947,3321261,54
CNY3131,433178,40
DKK3292,573341,96
EUR24500,0024500,00
GBP27409,5227820,66
JPY184,46187,23
NOK2521,542559,36
SEK2463,722500,68
USD20771,5121083,09
XAF37,3537,91
ZAR1482,291504,52
DES29307,3729307,37

Outras taxas

Taxa de Juros de Referência 9,00 %
Reservas Minimas de Caixa(RMC) 18 %
DATA TAXA
1928/06/20179,00
1802/02/201510,00
1704/04/201412,00
1601/05/201214,00
1503/08/201015,00
1428/10/200916,00
1326/08/200917,00
1223/04/200919,00
1126/03/200923,50
1021/01/200926,00

Conversor de moedas

0.0
Valor
De
Para

© Banco Central de S.Tomé e Príncipe.

Todos os direitos reservados.